Ônibus sem controle invade hotel mata o pastor Armando de Souza Gonzaga PDF Imprimir E-mail

Deixe um comentário

14 de Julho de 2011 por wesleycoresma

Veículo entrou na contramão e invadiu hotel em Santa Bárbara D’Oeste.
Vítima era cliente do hotel; outra pessoa morreu e seis ficaram feridas.


Hotel teve fachada destruída após ser atingido por ônibus (Foto: Juliana Cardilli/G1

 

Hotel teve fachada destruída após ser atingido por ônibus (Foto: Juliana Cardilli/G1)
Uma das pessoas que morreram após um ônibus desgovernado invadir a contramão e atingir a fachada de um hotel em Santa Bárbara D’Oeste, a 135 km de São Paulo, nesta terça-feira (15), ainda tentou escapar do veículo antes de ser atingida. O pastor Armando de Souza Gonzaga estava na calçada, ao lado de seu carro, aguardando um amigo que sairia do hotel, quando viu o ônibus. Ele tentou correr para a recepção, mas foi atingido, arrastado e parou debaixo do veículo.

“Ele havia trazido outros dois pastores para se hospedarem aqui, e ia levar outro embora. Ele se assustou com o ônibus e quis voltar para a recepção. Se ele tivesse ficado onde estava não teria sido atropelado”, contou Carlos Kardec, gerente do hotel. “É um horário de muito movimento, foi uma sorte que nenhum funcionário ou hóspede do hotel tenha sido atingido. Meu filho estava na sala de computador, o ônibus parou a um, dois metros dele.”
Foi um hóspede do hotel que estava em seu quarto e desceu após ouvir o barulho da batida quem viu que o pastor havia sido atingido. “Esse hóspede viu as folhas se mexendo e foi perceber que tinha uma pessoa ali. Ele [o pastor] estava consciente. O resgate veio, chegou a socorrê-lo, mas ele morreu”, contou o gerente do estabelecimento.

Gerente do hotel mostra área destruída após
acidente (Foto: Juliana Cardilli/G1)
O hotel fica na Avenida de Cillio, que tem apenas um sentido. Antes de atingir o estabelecimento, o ônibus bateu em carros e pelo menos uma moto. Outra pessoa também morreu e seis ficaram feridas. Segundo os funcionários do hotel, os passageiros do ônibus nada sofreram. Apenas a recepcionista, uma camareira e o filho do gerente com um amigo estavam na parte frontal do estabelecimento – nenhum deles ficou ferido.
“Eles desceram e vieram aqui ligar para os parentes. Eu estava fechando a porta quando vi o ônibus vir com tudo e saí correndo para dentro do hotel. Na hora que vi já estava parado aqui na frente. Qualquer um podia ter sido atingido. Parecia que estavam derrubando o prédio”, contou a recepcionista Marcela Leite, de 29 anos.
Com a colisão, a fachada e a cobertura da sacada do hotel, onde ficavam mesas utilizadas pelos hóspedes, caíram, assim como o letreiro principal. “Por Deus não tinha ninguém ali, porque o normal é ter”, contou o gerente. O estabelecimento chegou a ficar sem luz na terça, mas na manhã desta quarta-feira (16) funcionava normalmente. “Estragou a fachada, mas não afetou a estrutura. Só um cano furou, mas não afetou o abastecimento, e a luz já voltou”, contou Kardec, que aguardava a visita do seguro para avaliar os prejuízos.
Ainda não se sabe o que fez o motorista perder o controle do veículo.

Letreiro do hotel caiu e deixou local sem energia (Foto: Juliana Cardilli/G1)

Fonte:G1     Correio Cristão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: