Pessoas não são números

Deixe um comentário

3 de Dezembro de 2011 por wesleycoresma

Salmo 8:4-5 – “pergunto: Que é o homem, para que com ele te importes? E o filho do homem, para que com ele te preocupes? Tu o fizeste um pouco menor do que os seres celestiais e o coroaste de glória e de honra.(NVI)

 
Esse texto das Escrituras Sagradas, é um dos que conseguem expressar qual é a consideração que Deus tem pelo ser humano. Obra prima de sua criação, Ele o fez de forma especial, diferente de tudo o que foi criado e o coroou de glória e honra.
Assim Ele fez e assim o considera.
E essa a visão que devemos ter de nós mesmos e de nossos irmãos de criação.
Mas infelizmente, vem acontecendo algo muito triste. Pessoas sendo tratadas como se fossem apenas números que fazem parte de uma triste estatística.  A da recuperação.
Estive em um concílio da Igreja Metodista Livre nesse fim de semana e ouvi o testemunho de um pastor que também é promotor de justiça, o qual vem desenvolvendo um trabalho de recuperação de pessoas que cometeram delitos. Segundo ele, a cada  dez pessoas, uma consegue ser recuperada e inserida na sociedade.
Estamos envolvidos no trabalho com dependentes químicos e segundo o diretor de uma dos centros de recuperação com os quais temos nos envolvidos, a cada quinze dependentes, apenas um consegue realmente se recuperar.
É fato que a estatística pesa contra eles. Isso tem feito com que muitos das próprias igrejas, não se animem a trabalhar com eles e ainda tentem desanimar aqueles que estão dispostos a crer que Deus sempre pode fazer algo por alguém.  Tem sido comum ouvirmos coisas do tipo “não adianta, é perda de tempo´´ ou “cuidado, são pessoas perigosas para trazer na igreja´´.
O que nos dá o direito de escolher quem deve ou não fazer parte da sociedade, da Igreja ou do Reino?
Não estaríamos nós, praticando a doutrina da predestinação de forma tão errada, achando que Deus escolheu essas pessoas que estão marginalizadas, para serem vasos de desonra e assim sendo, não merecem ser evangelizadas, pois somente receberão a condenação eterna, sem chance alguma de serem salvas? Quem nos garante que esse ou aquele,  que Deus coloca em nosso caminho, não faz parte da estatística positiva, está entre aqueles que conseguirão se recuperar?
Não podemos nos esquecer que contra nós pesava a  nossa dívida. Éramos terrivelmente devedores a Deus, mas na cruz foi-nos perdoada a nossa ofensa… e …cravada a cédula que pesava contra nós. (Colossenses 2:13-14)
Também fazíamos parte de uma estatística terrível, pois o próprio Cristo disse que o caminho que conduz ao céu é estreito e poucos passarão por ele.
Cristo nos chamou para fazermos parte do ministério da reconciliação e anunciar esse ministério. Deus é soberano e somente Ele pode decidir quem entrará no seu Reino.
Deus é soberano sobre as vidas e sobre os números. Basta apenas que creiamos nele e o obedeçamos ao ponto de realmente, e não apenas de palavras, sairmos das quatro paredes e irmos até aqueles que estão se perdendo, caminhando para a perdição. Foi para isso que Ele nos chamou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: