Quem sou eu? Qual é o propósito da minha vida?

Deixe um comentário

9 de Dezembro de 2011 por wesleycoresma

Muitos vivem insatisfeitos, à procura, desorientados, telas em branco à espera que uma imagem de propósito seja pintada em nós. O que significa tudo isso? Alguém certa vez disse que havia um vazio em forma de Deus em todos nós, e procuramos para muitas coisas para preenchê-lo: amigos, moda, falsa fé, fornicação, e a fachada de fantasias induzidas por drogas, mas segue-me. Segue-me à beira de um abismo, onde, bem lá no fundo todos sabemos que alguma coisa faz falta.  Pensa. Desde que Deus falou e o tempo veio à existência e nos moldou com as Suas mãos à Sua própria imagem, O seu plano era que o homem e ele fossem um, Criador, e criação andando juntos em perfeita harmonia. Parece bom, certo? Então o que aconteceu? Pecado. 

Somos pecadores por natureza.

O pecado abriu este vazio. O pecado levou-nos longe dos nossos amigos. O pecado separou-nos Dele, e há muitos séculos, nós, como seres humanos, temos tentado colmatar esta lacuna cada vez maior com filosofias e religiões, com riqueza e as chamadas decisões morais, mas essa divisão tornou-se cada vez mais profunda, esse vazio em forma de Deus em nosso coração, continua por preencher e a humanidade parecia condenada, até que «a vós vos nasceu hoje, na cidade de David um Salvador, que é Cristo o Senhor, e achareis o menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.» Oh, mas esta não era uma criança vulgar. Vê bem: Ele cresceu, tornou-se um menino, depois homem, em seguida, pregador, levantando uma multidão de pessoas com ensinamentos realmente radicais e surpreendentes do tipo, «Amem os vossos inimigos», «Abençoem aqueles que vos maldizem» e «Ofereçam a outra face».

Ele é o maior professor que jamais existiu. Mas ele não era um pregador vulgar. Vê bem, o salário do pecado é a morte mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Jesus Cristo, por isso, pelos nossos pecados, Ele teve que pagar o preço.

Eles puseram pregos nas Suas mãos. Traído e rejeitado, eles penduraram-no e esticaram-no lá no alto, numa cruz, por ti, e por mim há mais de dois mil anos atrás.

Uma lança perfurou o seu lado. O Filho de Deus, o nosso Cordeiro destinado ao sacrifício antes que o mundo começasse, morreu. Uma das mortes físicas mais agonizantes que uma pessoa pode sofrer.

Sepultaram-no no túmulo de um amigo e durante três dias, sua mãe chorou, e durante três dias os discípulos correram, mas graças ao Altíssimo não é assim que a história termina, pois três gloriosos dias depois, Jesus ressuscitou dos mortos. Oh, mas não foi um sacrifício qualquer, porque Ele é o caminho, a verdade e a vida, e agora temos um caminho para o Pai por meio dele.  Através da cruz, agora podemos transpor essa grande divisão causada pelo pecado, que nos separa dele, e Ele está a chamar-nos, mas nós temos que vir. Vê bem, temos que escolher, mas Ele ofereceu todo o amor. «Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único Filho» e se nós simplesmente acreditarmos que Jesus Cristo pagou o preço…

Jesus Cristo disse, «E conhecereis a verdade…»

… acaba-se a separação, acaba-se o medo da morte, acaba-se o vazio no nosso coração. Agora podemos ter vida eterna.

Vê bem, Deus deu ao homem uma escolha. Tu podes aceitá-lo ou rejeitá-lo.  Blog wesley alves…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: